Política, Gestao e Litoral (ed. portugués)

978-84-7360-563-2

Juan Manuel Barragán

686

17 x 24 cm

  34,49 € PVP

-5%

36,30 €


  34,49 € PVP

-5%

36,30 €


29,56 € PVP



El éxito de este título en su versión en castellano ha llevado a su edición en portugués, realizada por Marinez E. Garcia, Washington Luiz dos Santos y Milton Lafourcade.

--------------------------------------------------------------------------------

A principal finalidade deste livro é ajudar a conseguir uma melhor compreensáo dos problemas das áreas litorais e inspirar na busca das melhores soluções possíveis. Por isto, as ideias aqui expressas se dedicam a conseguir um enfoque mais adequado e realista da gestáo nas áreas litorais, mediante maior profundidade analítica e rigor metodológico. O livro esta pensado e escrito para todas aquelas pessoas interessadas no que ocorre nas áreas costeiro marinhas. Entende-se que alunos de graduaçáo e de pós-graduaçáo constituem um objetivo principal.

Mas também essas outras pessoas que, com uma determi-nada sensibilidade e formaçáo, ou responsabilidade professional, podem estar compro-metidas com o futuro dos ecossistemas litorais ou das atividades humanas que aqui convergem: administradores e servidores públicos, políticos, consultores, naturalistas, ecologistas...

De igual modo, podem beneficiar-se desta leitura aquelas pessoas vinculadas a numerosas ciências e disciplinas científico e técnicas, como Geografia, Biologia, Ecologia, Arquitetura, Engenheira, Geologia, Direito, Economia, Sociologia, Ciências do Mar, Ciências Ambientais, Ciências da Sustentabilidade, Ciências Políticas, etc. O livro se estrutura em três partes. A primeira se ocupa da Base Conceitual, com temas táo fundamentais como a compreensáo dos problemas, a análise do sistema litoral, a política pública e a GIAL. A segunda parte está dedicada à Base Funcional.

Aqui sáo estudados aspectos relevantes para a sustentabilidade do bem estar humano nas áreas litorais: governança, integraçáo de diferentes dimensões, princípios, gestáo estratégica. Igualmente, vários elementos do decálogo para a gestáo integrada das áreas litorais sáo aprofundados: política, participaçáo, normativa, instituições, coordenaçáo e coope-raçáo, gestores, informaçáo, recursos, educaçáo e conscientizaçáo para a sustentabilidade. A terceira parte se identifica com a Base Operativa revisando o suporte instrumen-tal para a GIAL, tanto no que se refere aos instrumentos de orientaçáo e guia como aos de intervençáo.

O último capítulo, o mais extenso e propositivo, é a chave porque está dedicado a necessidades táo indispensáveis como as de índole metodológica. Em cada um dos dez capítulos, além do seu desenvolvimento, sáo encontrados objetivos preliminares, um esquema de seu conteúdo, conclusões gerais, uma seleçáo bibliográfica, leituras de especial interesse, 10 ideias essenciais e uma serie de exercí-cios referentes a projetos ou publicações que podem ser acessadas desde a web:

www.tebarflores.com/gialbarragan.

Productos Relacionados